A mostra multimídia itinerante “VISCONTI CAVALLEIRO” presta homenagem aos 50 anos de carreira como autor, cineasta, fotógrafo, artista plástico e etno-pesquisador do cenário cultural brasileiro de Elyseu Visconti Cavalleiro.

Personagem ativo do nosso Cinema Marginal, Elyseu resgata em registros nossa tradição folclórica para dar destaque aos encantos da brasilidade miscigenada. O olhar deste apresentador da “História Normal do Povo”, comprometido com uma antropologia visual, não acrescenta, distorce ou mascara seu objeto de pesquisa; apenas desvela aquilo que já poucos conseguem se lembrar e, que ao mesmo tempo, embasa nosso repertório simbólico brasileiro.

A mostra é uma releitura do conteúdo que já foi levado à França (Assembléia Geral da UNESCO, 1983 e Galerie Nacionale Jeu de Paume, 1992), Holanda (Tropen Museun, 1983), Portugal (Museu de Arqueologia e Etnografia, 1994) e Alemanha (Universidade de Konstanz, 1995) – além de mostras na FUNARTE em 1982 e 1983 – e premiado internacionalmente.

Compreendida de exposição com fotogramas e vídeo-documentário que dão luz à trajetória do cineasta, exibição dos longas e documentários do diretor; a mostra também conta com evento de viés educativo: um ciclo de debates e/ou palestras com convidados como Julio Bressane, Geraldo Veloso, Vera Terra, Helena Ignez, Eugenio Puppo, entre outros.

Organizada pela Via Cultural – coordenação de Anna Lúcia Marcondes e curadoria de Paulo Klein – a realização é do SESC. A itinerância da mostra será feita entre as cidades de São Paulo, Belo Horizonte e Rio de Janeiro. A Mostra teve sua edição em São Paulo no CineSESC de fevereiro a março/2013 e terá suas próximas edições em Belo Horizonte em Julho/2013, seguindo para o Rio de Janeiro.

Galeria